Home > Bem-Estar > Como controlar o Nervosismo

Como controlar o Nervosismo

Mesmo que nada esteja a acontecer, você está se sentindo tenso? Provavelmente estará nervoso com algo na sua vida.

Talvez esteja só nervoso com alguém que se preocupa. Pode estar inseguro. Ou talvez nem tenha bem a certeza por está nervoso, mas sabe que está nervoso…

Quem sofre de ansiedade, normalmente não se sentem apenas nervosos – também têm pensamentos de preocupação. A ansiedade altera os padrões de pensamento. Você sente-se como se existisse algo para se preocupar, mesmo que não exista nada, e para muitas pessoas, isso também causa angústia.

Pensamentos nervosos desontrolados

O nervosismo é uma emoção, de certa forma, saudável. Se você não ficasse nervoso, poderia arriscar noutros riscos, e possivelmente colocaria a sua vida em perigo. O nervosismo é uma ferramenta que o seu corpo usa para alertá-lo de que você deveria estar com medo em determinada situação. Sem o nervosismo, você não teria ideia se deveria lutar ou fugir de qualquer situação.

Mas esse nervosismo precisa ser contido. Se você ficar nervoso o tempo todo, isso pode indicar que você está precisando de ajuda.

O que torna a ansiedade frustrante, é que muitas pessoas não sabem o que têm. Os seus pensamentos nervosos parecem ser normais. Quando alguém está com ansiedade, certamente vai notar que qualquer situação a deixa nervosa.

Sintomas de nervosismo

Normalmente os sintomas físicos são o primeiro sinal de que está sofrendo com ranstorno de ansiedade.

O seu nervosismo pode causar:

  • Batimentos cardíacos acelerados;
  • Tensão muscular;
  • Fraqueza;
  • Náuseas;
  • Sensação de doença.

Estes sinais indicam que a sua ansiedade está ficando cada vez pior. Além disso, quem sofre de ansiedade, tem pensamentos que se encaixam em cenários de pior caso. Eles não podem controlar um pensamento nervoso e podem até ter visões do pior cenário para determinada situação.

Este nervosismo fora de controle, indica que algo está errado com a sua capacidade de enfrentar algo. Se esse nervosismo estiver combinado com sintomas de ansiedade física, então é um sinal de que está a sofrer com um problema de ansiedade grave.

Veja também: Ansiedade – Causas, Sintomas, Tratamentos e Dicas

Formas de tratar e controlar o nervosismo sem remédios

Uma das perguntas mais difíceis de responder é como você pode controlar os pensamentos nervosos. Muitos estudos psicológicos, confirmaram que é impossível não pensar em algo. Alguns estudos confirmam ainda que, quanto mais tenta não pensar em algo, mais vai pensar nisso – tudo porque o cérebro vai relembra-lo que está a tentar não pensar precisamento nisso!

Veja também: Como controlar a Ansiedade

Então o melhor é encontrar uma estratégia de controlar o nervosismo, principalmente usando a distração.

Felizmente existem muitas opções muito eficazes para acabar com os pensamentos nervosos.

1. Faça exercício

A tensão física é um dos sintomas de ansiedade afetando o nervosismo intenso. Ela também contribuí para os pensamentos nervosos. Você pode resolver este problema praticando exercício físico simples como caminhadas, jogging, correr, natação, algum esporte, etc… Desta forma os músculos vão reduzir a tensão a a sua capacidade de lidar com o nervosismo será melhor.

2. Distração mental

Não tem que forçar a sua mente a deixar de pensar em determinado assunto. Mas pode tornar mais difícil ter esse pensamento se se manter distraído. Distraia-se com outras coisas, por exemplo TV (mas procure programas alegres), faça pinturas ou outras coisas. Este tipo de combinações ditrai todos os seus sentidos e torna-se mais difícil de concentrar em pensamentos negativos.

3. Exercícios de relaxamento

Existem várias estratégias de relaxamento que também são eficazes. No início da prática, o foco é fazer os exercícios corretamente. Depois de saber como fazê-los, aí sim eles vão começar a ter efeito no seu controle do nervosismo. Alguns dos exercícois mais populares são:

  • Meditação;
  • Respiração profunda;
  • Relaxamento muscular;
  • Yoga.

4. Durma bem

A privação do sono pode não parecer provocar ansiedade, mas tem um efeito profundo sobre o nervosismo. A falta de sono pode causar sintomas físicos e mentais significativos levando ao nervosismo e estresse profundo. Está comprovado cientificamente que uma noite completa sem dormir aumenta a ansiedade.


Entenda que estas dicas não vão fazer com que pare de ter pensamentos nervosos para sempre. O que podem fazer é garantir que você não seja tão afetado por pensamentos nervosos.

Como parar com os pensamentos nervosos a longo prazo

Quem sofre de nervosismo o tempo todo, precisam de um tratamento adequado para a sua ansidade, tal como se tratasse de uma doença comum. Assim, a única maneira de encontrar um alívio permanente, será consultando um médico para que ele possa indicar os medicamentos e remédios ideais para a sua situação clínica.