Home > Dores > Dor na Panturrilha – O que pode ser e tratamentos

Dor na Panturrilha – O que pode ser e tratamentos

Sentiu uma dor na panturrilha, ou na parte de trás da perna e não sabe o que é?

A dor na panturrilha pode surgir em várias situações, pode ser um incômodo leve que mais tarde passa, assim como também pode ser uma dor complicada que possa impedir de caminhar.

Existem várias condições que podem afetar os músculos da panturrilha. Contudo, pode também não ser dor muscular, podendo estar os ossos afetados, os vasos sanguíneos ou outras estruturas por perto.

Ainda assim, a maioria das complicações relacionadas com dor na panturrilha são facilmente tratáveis. Mas antes de avançar para o tratamento, deverá tentar identificar a causa que está causando a dor.

Veja também: Dor nas pernas – Causas e Tratamentos

Causas de dor na panturrilha

Podem ser inúmeras as causas que levam a uma dor neste local da perna. Abaixo estarão enumeradas as mais importantes e mais comuns.

Cãibra na panturrilha

Por vezes surgem dores fortes na panturrilha parecendo que o músculo está “preso”. Isso é uma cãibra que felizmente são temporárias, mas quando surgem, é em força. O desconforto causado por esta situação é bastante significativo, e elas podem surgir devido a várias causas, tais como:

  • desidratação;
  • transpiração excessiva;
  • falta de alongamentos;
  • atividade física prolongada e excessiva;
  • músculos fracos.

Tendinite

Principalmente quando a tendinite se localiza no tendão de Aquiles, é muito frequente sentir dor na panturrilha. Este tendão liga o músculo da panturrilha ao osso do calcanhar.

Se os músculos da panturrilha estiverem apertados, isso irá colocar pressão aumentada sobre o tendão de Aquiles, resultando em dor.

Trombose venosa profunda

Com a sigla TVP, esta situação é resultado da formação de um coágulo sanguíneo numa veia. Quando surge nos vasos sanguíneos da panturrilha, causa dores incomodativas e por vezes insuportáveis.

As pessoas que tendem a desenvolver este problema são pessoas sedentárias, que passam muito tempo sentadas. A pressão elevada e problemas de coagulação do sangue são fatores também importantes para o surgimento de uma TVP.

Veja também: Trombose – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Nestes casos, a pessoa com uma trombose venosa profunda na panturrilha, irá sentir dor quando está em pé, caminhando ou ao toque. A perna começa a inchar e a ficar quente, vermelha ou inflamada, devido aos problemas no fluxo sanguíneo.

Varizes na perna

As varizes foram-se quando as válvulas danificadas nas veias da pessoa impedem que o sangue regresse ao coração em condições, por isso é muito frequente surgir nas pernas.

Estes vasos causam dor e desconforto ao toque, podendo incomodar e causar fortes dores na panturrilha.

Problemas de circulação

Na verdade, o termo correto para definir esta causa, será uma claudicação arterial, que se traduz numa insuficiência de circulação sanguínea devido ao estreitamento ou obstrução das artérias.

Se esta condição ocorrer, o paciente irá sentir dor durante uma caminhada, pois o músculo irá necessitar dos nutrientes do sangue que está com dificuldade em fluir nessa região.

Uma pessoa com claudicação arterial não deverá sentir dor quando está em repouso, mas após caminhar durante alguns minutos, o desconforto irá começar a aparecer.

Claudicação neurogênica

Este problema ocorre quando os nervos que vão para as pernas estão comprimido. A claudicação neurogênica ocorre muitas vezes quando os ossos da coluna vertebral estreitam, causando pressão sobre os nervos.

Esta complicação, para além de causar dor na panturrilha, também vai causar dores noutros locais do corpo, como é o caso das coxas, parte inferior das costas e nádegas. Quando a pessoa se inclina para a frente, geralmente sente uma melhoria da dor.

Veja também: Dor no quadril – O que pode ser?

Tensão muscular

A tensão acontece quando as fibras musculares da panturrilha se rasgam. O principal sintoma é a dor que varia de acordo com a gravidade do “rasgão” do músculo.

Síndrome do compartimento – Dor na panturrilha

Este problema é uma das principais causas da dor na panturrilha. Pode acontecer em apenas uma, ou em ambas. O síndrome do compartimento geralmente surge após uma pessoa ter sofrido um trauma ou lesão grave.

Este problema acontece quando o excesso de sangue se acumula nos tecidos e exerce uma pressão sobre os nervos e vasos sanguíneos na parte inferior da perna, causando dor, inchaço, dormência e formigamento.

Neuropatia diabética

Este problema de saúde está relacionada com danos nos nervos relacionados com a diabetes.

Os níveis altos de açúcar no sangue podem danificar os nervos do corpo, principalmente os das mãos e pés. Por vezes, o formigamento pode causar dor e desconforto e irradiar até às pernas.

Tratamento para dor na panturrilha

Como viu anteriormente, existem várias causas que podem resultar numa dor na panturrilha, por isso, como seria de esperar, o tratamento depende da causa.

Existem formas de aliviar a dor que pode estar a sentir na sua perna. Contudo, se não conhece a causa dessa dor, aconselhamos sempre a que visite um médico! Pois pode não ser nada, como também pode ser algo grave!

Se realmente está com uma dor devido a uma lesão ou uso excessivo das suas pernas, então aplique o seguinte método para aliviar a dor:

  • Proteção: Coloque uma tala ou algo que obrigue a manter o pé e perna imobilizados. Desta forma vai permitir que os músculos descansem.
  • Descanso: O descanso é vital, e nos músculos o repouso é também muito importante. Evite ao máximo usar a sua panturrilha, mantenha-se em repouso.
  • Gelo: Coloque uma bolsa fria, ou gelo coberto por um pano, entre 10 a 15 minutos diretamente na sua panturrilha. O frio do gelo vai ajudar a reduzir a inflamação.
  • Compressão: Pode colocar uma fita elástica ou meia de compressão para apertar a panturrilha e ainda reduzir o inchaço.
  • Elevação: Por fim, mantenha a perna que sente dor na panturrilha mais elevada. Coloque um travesseiro ou algo que ajude a manter a perna mais alta de forma a melhorar a circulação e a reduzir o inchaço.

Se a causa for mais grave ou a dor for insuportável, existem outros medicamentos e remédios analgésicos, relaxantes músculares ou anti-infalmatórios que podem ajudar a aliviar a dor. Contudo, neste caso é melhor conversar com o seu médico de forma a entender qual o melhor tratamento para a sua situação.

Alongar para não ter dores na panturrilha

Tal como o aquecimento no início de qualquer treinamento é importante, o alongamento também faz parte do exercício final.

Para evitar lesões, esquente seus músculos antes de praticar exercício intenso. Comece por exercícios leves e moderados antes de iniciar movimentos mais bruscos.

Quando terminar o exercício, os alongamentos também são bastante importantes. Alongar faz parte de um relaxamento muscular para evitar cãibras e outras dores.

Alongamentos para a panturrilha

A panturrilha é um dos músculos mais utilizados em qualquer exercício. Ciclismo, caminhada, corrida, natação, futebol, ténis, ou outros esportes exigem muito das suas pernas e das panturrilhas. No final de cada exercício deverá alongar.

Veja estes exercícios úteis para a sua panturrilha

– Flexão do pé

 

 

 

 

 

 

 

Mantenha-se numa posição sentada e estique as pernas.

Nesta posição, estique os seus braços de forma a chegar com as suas mãos aos dedos dos pés. Ao mesmo tempo, flexione os dedos dos pés, apontando-os para trás, em direção ao corpo. Se não chegar aos dedos não force, apenas vá até onde conseguir.

Permaneça nessa posição entre 10 a 15 segundos e solte. Descanse uns segundos e repita 10 vezes.

– Alongar panturrilha com ajuda da parede

Fique em frente a uma parede.

Coloque um pé em frente ao outro e incline-se para a frente, colocando as mãos na parede, como na imagem acima.

Dobre um pouco a perna da frente, mantendo a perna de trás esticada até sentir que está a “puxar” o músculo.

Permaneça nessa posição entre 10 a 15 segundos e solte. Descanse uns segundos e repita 5 vezes. Troque as pernas e faça igual, mais 5 vezes.