Home > Doenças > Gota – Excesso de Ácido Úrico – Exame de sangue, Sintomas e Tratamento

Gota – Excesso de Ácido Úrico – Exame de sangue, Sintomas e Tratamento

Quando ingerimos determinados alimentos que contém purina (identificados mais abaixo), o nosso corpo degrada essa purina e transforma em  ácido úrico.

Ou seja, este composto orgânico é formado no nosso corpo e em condições normais é excretado pela urina graças à ação dos nossos rins.

Ainda assim, algumas pessoas não têm os rins a funcionar a 100%, o que com o tempo vai provocar um aumento da quantidade de ácido úrico no organismo, indo este se depositar nas articulações (geralmente das mãos e pés).

A presença do ácido úrico nas articulações, dá origem à Gota – uma doença inflamatória derivada do excesso de ácido úrico nas articulações, que causa enormes dores.

Causas do excesso de ácido úrico no sangue

O ácido úrico, formado no nosso corpo, como já foi dito, é normalmente excretado através dos rins. Porém, quando não funcionam corretamente, este composto acumula-se no organismo.

Assim, alguns alimentos e substâncias que levam ao desenvolvimento de ácido úrico no organismo incluem:

  1. A toma excessiva e inadequada de fármacos;
  2. A toma excessiva de diuréticos:
  3. Excesso de álcool;
  4. Alimentação excessiva de carnes vermelhas, miudezas, mariscos e leguminosas, como sendo o feijão e outras da mesma familia;
  5. Infeçoes várias;
  6. Hereditariedade. Mais ou menos 20% das pessoas apresentam histórico familiar desta doença.

Ácido Úrico e exames ao sangue

 

 

Um teste de sangue ao ácido úrico, determina que quantidade deste composto está presente no seu sangue. O teste pode ajudar a determinar o quão bem o seu corpo produz e remove o ácido úrico.

Este produto químico é produzido no nosso corpo através da degradação de compostos orgânicos chamados purinas. Alimentos e bebidas com alto teor de purina incluem:

  1. Cavalinha
  2. Anchovas
  3. Miudezas
  4. Grão, ervilhas e feijão seco
  5. Cerveja
  6. Vinho e outras bebidas alcoólicas

As purinas também são criadas através do processo natural de quebra celular no corpo.

A Gota – Como surge?

A maior parte do ácido úrico acaba por se dissolver no sangue, é filtrado através dos rins e expulso na urina. Às vezes, o corpo produz muito ácido úrico ou não filtra o suficiente, como deveria, devido a problema renais – levando a casos de hiperuricemia. Esta condição é o nome da desordem que ocorre quando você tem sobrecarga de ácido úrico em seu corpo.

Altos níveis de ácido úrico estão associados ao desenvolvimento da Gota. A gota surge com o depósito de ácido úrico nas articulações causando inchaço e outros problemas nesses locais. O mais comum é o aparecimento da gota no dedo grande do pé.

Este problema é caracterizado por dores fortes (nem a meia é suportável), vermelhidão na área, calor, inchaço, etc…

Outra causa de hiperuricemia é o aumento da morte celular, devido a câncer ou tratamentos contra o câncer. Isso pode levar a uma acumulação de ácido úrico no corpo.

Também é possível ter pouco ácido úrico no seu sangue, que é um sintoma de doença hepática ou renal . É também um sintoma da síndrome de Fanconi, uma desordem dos túbulos renais que previne a absorção de substâncias como glicose e ácido úrico. Essas substâncias são então processadas na urina.

Sintomas de ácido úrico alto – Gota

Dor intensa e prolongada nas articulações principalmente nos pés que tem a duração por vários dias e tem tendência a piorar quando o individuo se movimenta ou quando esta muito tempo parado no mesmo lugar, causa dormência.

A dor chega a ser insuportável, causando inchaço e vermelhidão na área afetada.

Caso o doente não tenha o tratamento adequado esta situação pode afetar outras articulações do corpo, bem como e em casos mais graves ter o comprometimento de todas as articulações no corpo.

Quais os objetivos do exame ao sangue – Para que serve?

Normalmente o teste é usado para:

  • Diagnosticar e supervisionar pessoas com gota;
  • Monitorar pessoas que estão sendo submetidas a tratamentos de quimioterapia e/ou de radiação;
  • Verificar a função renal após uma lesão;
  • Encontrar a causa das pedras nos rins;
  • Diagnosticar distúrbios renais.

Você pode precisar de um teste ao ácido úrico se:

  1. Se tem dor nas articulações ou inchaço que pode estar relacionado com a gota;
  2. Se está atualmente sendo submetido a tratamentos de quimioterapia;
  3. Se está prestes a começar a quimioterapia;
  4. Se tem cálculos renais frequentes;
  5. Se foi diagnosticado com gota no passado.

Outra opção para o teste de ácido úrico é testar sua urina ao longo de um período de 24 horas. O seu médico poderá pedir os dois exames de diagnóstico para poder avaliar melhor o seu estado clínico.

Os exames de sangue de Ácido Úrico podem causar:

  • Dor ou desconforto no local da punção;
  • Sangramento;
  • Desmaios ou tonturas;
  • Acumulação de sangue sob sua pele, como hematoma ou hematomas;
  • Infecção no local da punção;

Se você tiver sangramento significativo que não vai parar após o exame de sangue, procure tratamento médico de emergência. No entanto, esta é uma ocorrência rara, assim como as outras complicações observadas aqui.

Preparando para uma análise de sangue de ácido úrico

Na listagem abaixo encontrará o que poderá interferir com a análise de sangue.


  • Certos medicamentos, como aspirina (Bufferin) e ibuprofeno (Motrin IB)
  • Álcool
  • Corantes usados ​​em testes de raios-X
  • Altos níveis de vitamina C

Informe o seu médico sobre quaisquer medicamentos prescritos ou de venda livre e/ou suplementos que você está tomando.

Você pode ter que, (evitar comer ou beber) nas quatro horas antes do teste.

Como é feito um teste de ácido úrico

O processo de obtenção de uma amostra de sangue para testes é chamado de punção venosa.

Seu médico ou outro profissional de saúde tira sangue de uma veia, geralmente do seu cotovelo interno ou da parte traseira da mão. Primeiro, eles esterilizam a área com um anti-séptico. Em seguida, envolvem uma faixa elástica ao redor do braço para permitir que o sangue encha as veias. (garrote)

Seguidamente, inserem uma agulha na sua veia. O sangue é retirado e colocado num tubo. Uma vez que o sangue foi coletado, a banda de plástico será desatada e a agulha removida da veia. A pressão é aplicada ao local da entrada da agulha e um penso rápido é  aplicada, para estancar o sangue.

Para bebês e crianças pequenas, um pequeno corte pode ser feito no braço e uma tira de teste ou slide usado para coletar uma pequena amostra de sangue. A área é então limpa e vendada, se necessário.

Uma vez recolhido, o sangue é enviado para um laboratório para análise.

Como saber ler os resultados do exame ao ácido úrico

Os níveis de ácido úrico podem variar de acordo com o seu género (masculino ou feminino). Os valores normais para mulheres são de 2,5 a 7,5 mg/dl e para homens de 4,0 a 8,5 mg/dl. No entanto, os valores podem variar de acordo com o laboratório que faz o teste.

De acordo com o American College of Rheumatology (ACR), se sofrer com gota, deverá tentar manter o nível de ácido úrico no sangue, sempre abaixo de 6,0 mg / dl. Baixos níveis de ácido úrico são menos comuns que os altos níveis e são menos preocupantes para a saúde.

Níveis elevados de ácido úrico em seu sangue geralmente indicam que seu corpo está produzindo muito ácido úrico e/ou que, por alguma razão, os seus rins não estão removendo ácido úrico suficiente do seu corpo. Ter câncer ou sofrer tratamento contra o câncer também pode aumentar seus níveis de ácido úrico.

Níveis altos de ácido úrico em seu sangue também podem indicar uma variedade de condições, incluindo:

  • Diabetes;
  • Gota, que envolve ataques recorrentes de artrite aguda;
  • Quimioterapia;
  • Distúrbios da medula óssea, como a leucemia;
  • Dieta rica em purinas;
  • Hipoparatiroidismo , que é uma diminuição da sua função paratiróida;
  • Doenças renais, como insuficiência renal aguda;
  • Pedras nos rins;
  • Mieloma múltiplo , que é câncer das células plasmáticas em sua medula óssea;
  • Câncer que já se encontra espalhado por outros orgãos e/ou tecidos do nosso corpo;

O teste de ácido úrico no sangue não é considerado um teste definitivo para diagnostico da gota.

Apenas testando o fluido articular, é possível confirmar sem quaisquer duvidas a presença de gota. No entanto, seu médico pode diagnosticar com base em altos níveis sanguíneos de ácido úrico, ou através dos sintomas queixados pelo doente.

Além disso, é possível ter altos níveis de ácido úrico sem sofrer com sintomas da gota. Isso é conhecido como hiperuricemia assintomática.

Baixos níveis de ácido úrico no sangue podem sugerir:

  1. A doença de Wilson , que é uma desordem hereditária que faz com que o cobre se acumule nos tecidos do seu corpo;
  2. Síndrome de Fanconi, que é uma doença renal comumente causada por cistinose;
  3. Alcoolismo;
  4. Doença hepática ou renal;
  5. Dieta baixa em purinas;

Conclusões acerca do resultado do exame de ácido úrico

Os resultados do teste de sangue de ácido úrico podem ajudar a determinar quais tratamentos são apropriados. Em alguns casos, você pode não precisar de tratamento.

Se o seu médico o diagnostica com gota, o tratamento pode incluir tomar medicamentos para reduzir a dor e o inchaço. Alterações dietéticas para reduzir as purinas também podem ajudar. Alterar a sua dieta também pode beneficiar você se tiver cálculos renais de ácido úrico crónico.

Se você está passando por diferentes tratamentos de quimioterapia, você pode precisar de ser vigiado frequentemente, realizando exames de sangue para garantir que seus níveis de ácido úrico não se tornem muito elevados.

Consequências da Gota – Problemas futuros

Caso não trate a gota adequadamente, haverá consequências graves como deformações a nível das articulações dos cotovelos, parte superior da mãos, pés, dedos ou em qualquer outra articulação. Pode verificar-se a ocorrência de episódios igualmente dos tendões, provocando as bursites ou cartilagem danificada.

Para além de todas estas condições adversas pode haver um comprometimento grave do sistema renal, com o consequente acumulo de cristais de cálcio e as dolorosas pedras nos rins.

Tratamento da Gota

O objectivo principal que tem que ter em mente é que tem que baixar os níveis concentrados de ácido úrico no sangue por forma a poder aliviar os sintomas e o incómodo causado.

Pode ser adequado a fisioterapia para tratamento das articulações danosas e uma dieta focada em alimentos que excluam principalmente as carnes vermelhas e outras proteínas bem como a cerveja.

O tratamento mais usual são os tratamentos com medicamentos não esteróides e anti-inflamatórios tomados por via oral, ou/e corticosteróides bebíveis ou injectados na articulação a tratar. Estes remédios têm como objetivo aliviar a dor no imediato e tratar a inflamação da gota.

Outro remédio utilizado em casos de gota, é o alopurinol. Este remédio evita o aumento de ácido úrico, uma vez que inibie a produção deste composto orgânico que causa esta doença dolorosa.