Home > Problemas de Saúde > Bolhas nos pés – Causas, Tratamento e Prevenção

Bolhas nos pés – Causas, Tratamento e Prevenção


Porque temos bolhas nos pés? Decerto já teve bolhas nos pés e sentiu um enorme incómodo e já não quer voltar a sentir! Não só porque as bolhas fazem ferida depois de rebentarem e levam muito tempo a sarar, como também devem ser das coisas que provocam mais dor!

Dependendo até do grau e da extensão da bolha, pode trazer complicações a nível do aparelho locomotor, uma vez que podem impedi-lo de andar corretamente e causar danos nos tendões dos joelhos, o que pode levar a uma tendinite.

O que causa bolhas nos pés?

Calor, fricção, sujidade e suor são as principais causas para criar bolhas nos pés, seja porque os sapatos são acabados de estrear, ou porque suamos o dia inteiro dos pés, ou até  porque não temos os cuidados necessários enfim, são diversas as causas para os nossos pés ganharem bolhas! Como os nossos pés são uma das partes do nosso corpo mais sensível, a maior parte das vezes as bolhas ganham líquido, outras acabam por ficar em ferida, mas todas elas se formam da mesma maneira e acabam por doer imenso, principalmente se estiverem em atrito direto com o calçado.

Uma das dicas que fornecemos super importante para o dia da compra de uns sapatos novos, é esfregar o pulso (outra zona super sensível) na zona onde o pé vai estar em contacto. Deste modo consegue perceber rapidamente se vai formar bolha nos pés ou não.

Sintomas de bolhas nos pés

Os sintomas podem ser muitos e variados, mas entre os mais comuns encontram-se normalmente nos pés húmidos que têm uma maior propensão para criarem bolhas que os pés secos não apresentam. Outras causas prováveis são as queimaduras provenientes de demasiada exposição solar, algumas reações alérgicas a pomadas e medicamentos e ainda a substâncias que possam irritar a pele (como os detergentes à base de amoníaco). Assim e quando a pele que circunda por exemplo o calcanhar é contraída sucessivamente e sofre alguma espécie de atrito, a bolha forma-se com líquido para proteger a área dessa parte do corpo que se encontra afetada. Certos tipos de doenças também podem ser causadores de bolhas nos pés e nas áreas circundantes, como sendo a diabetes, o herpes, o lúpus entre outras. A pele do pé e do calcanhar apresenta uma cor avermelhada que inclui entre outros sintomas a dor a irritação do local, ficando estas inchadas e muito incomodativas, além de provocarem muita coceira.

Tratamento para bolhas nos pés

No que toca a tratamentos para bolhas nos pés temos diversas opções, desde remédios caseiras a curas farmacêuticas. Antes de efetuar qualquer tipo de tratamento, deve primeiro lavar bem os pés com água morna e sabão para retirar todas as impurezas!


Curar bolhas nos pés com remédios caseiros

Os remédios caseiros passam por em primeiro lugar rebentar as bolhas cuidadosamente com a ajuda de uma agulha bem desinfetada( deve ser passada por alcool ou ser imolada pelo fogo). Deste modo, não magoa e acaba por conseguir retirar a água ou o ar que se possam encontrar dentro da mesma. Após rebentar as bolhas deve passar sempre com algodão ou uma compressa embebida num pouco de água oxigenada,para ajudar a cicatrizar as bolhas dos pés que agora passaram a ser feridas abertas e no fim proteja a área afetada com um penso ou com gaze. Outra dica super importante para o tratamento caseiro é deixar as bolhas apanharem ar de vez em quando para a pele daquela zona respirar. Deste modo a cicatrização torna-se bem mais rápida!

A Aloe Vera é um excelente remédio natural para curar as bolhas nos pés, assim como uma dica caseiras menos higiénica mas altamente potente no que toca ao curativo das bolhas que é a própria urina. Assim como se aplica nas frieiras, a urina também é um excelente remédio biológico para as bolhas dos pés. Se prefere optar por algo mais agradável, pode sempre mergulhar os pés em água morna com camomila ou na mistura de água morna com sal e bicarbonato de sódio.

Medicamentos e pomadas para bolhas nos pés

A nível de tratamentos farmacêuticos também existem diversas pomadas próprias para aplicar nas bolhas dos pés e se possível, aposte em cremes anti-fungicos como é o caso do Canesten. Existem na farmácia outro tipo de pomadas anti-fungicas, mas o melhor será aconselhar-se com o farmacêutico de serviço para que seja informado da melhor forma.

Como prevenir bolhas nos pés

Após o tratamento das bolhas nos pés, é muito importante prevenir a nova criação de bolhas. Para isso tenha em atenção os seguintes aspectos:

  • Optar por um calçado apropriado aos seus pés;
  • Colocar um penso ou algodão onde normalmente cria bolhas nos pés;
  • Passar um creme ou vaselina nas áreas onde a formação de bolhas se torna mais evidente;
  • Optar por utilizar meias 100% de algodão que permitem respirar os pés e absorver o suor;
  • Deixar a pele dos pés respirar um pouco se usa calçado muito fechado;
  • Massajar creme nos pés pelo menos uma vez por semana.
  • Andar descalço em casa, ao contrário do que muitas pessoas pensam que é mania, ajuda a endurecer a sola do pé. Desta forma é mais difícil criar bolhas nos pés.
  • Mantenha os pés o mais secos possível evite usar calçado molhado ou húmido assim como meias e ténis, que provoca um maior atrito na pele e por conseguinte o aparecimento das bolhas.

Entretanto se as bolhas persistirem e mesmo com estes tratamento feitos em casa e/ou apresentarem escamação ou as feridas teimaram em não fechar, deverá consultar o seu médico sem demora, porque apenas poderá estar a mascarar a situação e a dificultar a sua cura.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *