Home > Medicamentos > Diferença entre Paracetamol e Ibuprofeno – Qual tomar?

Diferença entre Paracetamol e Ibuprofeno – Qual tomar?


Ibuprofeno e Paracetamol são dois remédios muito utilizados para o alívio de dores gerais, no entanto existem diferenças entre eles e situações em que devem usar um deles e não o outro.

Neste artigo vamos explicar a diferença entre ambos os medicamentos e quando deve escolher o paracetamol ou o ibuprofeno, tendo em conta o seu problema.

No caso de muitas doenças, o médico prescreve paracetamol e ibuprofeno em simultâneo, muitas vezes também com um antibiótico junto. Este caso é mais frequente em amigdalite (dor de garganta), otites (dor de ouvidos), dor de dentes entre outras dores gerais. Mas muitas pessoas perguntam – Qual é o melhor para retirar a dor?

Ibuprofeno e Paracetamol, qual a diferença?

Muitas pessoas têm uma dor de cabeça e não sabem qual dos dois tomar… Na verdade, depende do tipo de dor de cabeça, ou de outra dor que possa ter, mas eles são diferentes!

Tanto um como o outro têm capacidades para retirar a dor, mas têm funções diferentes no organismo e potências diferentes dependendo do tipo de dor.

Estas são as propriedades e características gerais do paracetamol e ibuprofeno:

Paracetamol

  • Contém propriedades analgésicas;
  • É antipirético (baixa a febre);
  • NÃO tem atividade anti-inflamatória;
  • Pode ser tomado sem alimentos;
  • É mais utilizado para dores gerais.

Ibuprofeno

  • É anti-inflamatório;
  • Tem pouco potencial antipirético (baixa pouco a febre);
  • Só pode ser tomado juntamente com alimentos;
  • Pode causar problemas gastrointestinais;
  • É indicado para dores músculo-esqueléticas.

Devo tomar Paracetamol ou Ibuprofeno?

Quando começa a sentir uma dor, é normal que não saiba qual dos dois deverá tomar, pois existe muita confusão nas pessoas entre ambos, mas depois de explicar as diferenças talvez possa ajudar a decidir. Ainda assim, vamos deixar aqui algumas situações em que deverá tomar um ou outro.

O paracetamol apresenta menores riscos e efeitos secundários que o Ibuprofeno, portanto, sempre que seja uma dor ligeira e generalizada ou algo pouco grave, sem uma inflamação associada, devemos sempre obtar por ele! Caso contrário, se existir alguma inflamação, o Ibuprofeno deverá ser o selecionado, uma vez que ele é um medicamento anti-inflamatório.

Quando existe febre, o paracetamol também é o fármaco de eleição, uma vez que ele tem a capacidade de reduzir a febre sendo mais eficaz que o ibuprofeno.

Para além destas situações, o paracetamol também é indicado para gripes e esfriados, uma vez que ajuda a diminuir alguns dos sintomas provocados pela gripe.

Veja também: Medicamentos e remédios para gripes, resfriados e constipações


O Ibuprofeno deverá ser tomado em casos de lesões musculares, uma vez que atua mais rápido na recuperação desse tipo de dores, aliviando também a dor provocada pela inflamação.

Para além deste tipo de lesões, também é um remédio bastante utilizado em dores de garganta, dor de ouvidos e dor de dentes, uma vez que retira a dor mais eficazmente que o paracetamol.

A artite reumatóide e outras doenças musculo-esqueléticas são tratadas com ibuprofeno.

Um outro caso particular, que pode ser tratado com os dois medicamentos, é o da enxaqueca, porém, é um caso especial, uma vez que tanto um como o outro podem não ser eficazes no tratamento deste tipo de dor de cabeça, dependendo do seu estado. Para enxaquecas é aconselhado visitar um médico neurologista especialista em cefaleias para que ele lhe possa indicar o melhor tratamento para a enxaqueca.

Tenho febre e uma inflamação – Qual tomar?

É muito comum nas dores de dentes, dores de ouvido ou de garganta existir uma inflamação e ao mesmo tempo febre! Anteriormente explicamos que para a inflamação o ibuprofeno é o indicado, e para febres, o paracetamol é o mais eficaz, por isso, muitas pessoas ficam na dúvida qual devem tomar quando existem casos de febre e inflamações em simultâneo.

Este caso é bastante frequente, e nesta situação deve tomar os dois remédios, mas nunca ao mesmo tempo! Dependendo da dosagem de cada um dos remédios, geralmente eles devem estar separados entre si, no mínimo de 4 horas! Ou seja, se tomar agora o paracetamol, só daqui a 4 horas poderá tomar o Ibuprofeno! E um novo paracetamol deverá tomar 8 horas após a toma do último paracetamol, e o Ibuprofeno igual.

Para explicar melhor este raciocínio, elaboramos o seguinte esquema:

Imagine que começou por tomar o Paracetamol às 9h00, só às 13h00 poderá tomar o Ibuprofeno, e só às 17h poderá tomar um novo Paracetamol e às 21h00 um novo Ibuprofeno, e por aí fora… Ou seja:

09h00 – Paracetamol

13h00 – Ibuprofeno

17h00 – Paracetamol

21h00 – Ibuprofeno

01h00 – Paracetamol

05h00 – Ibuprofeno

09h00 – Paracetamol

… etc

É bastante frequente o médico prescrever os dois em conjunto para serem tomados desta forma… E ao mesmo tempo um antibiótico, que geralmente é para tomar de 12 em 12h.

Lembre-se, que estes medicamentos devem ser tomados sempre após aconselhamento com o médico!

Cuidados a ter com Paracetamol e Ibuprofeno:

  • Nunca exceda a dose prescrita pelo médico e cumpra sempre a prescrição;
  • Não tome os dois medicamentos em conjunto (veja o esquema anterior);
  • O Ibuprofeno deverá ser sempre tomado juntamente com alimentos;
  • Nenhum destes remédios é aconselhado a grávidas (o paracetamol pode ser usado, mas com consentimento do médico e apenas se realmente necessário, por um curto período de tempo);
  • Estes remédios não devem ser tomados de forma prolongada;
  • Cumpra sempre as ordens do médico e/ou do farmacêutico.