Home > Perguntas e Respostas > Dormir no sofá afeta a saúde?

Dormir no sofá afeta a saúde?

Como é do conhecimento geral, dormir bem e profundamente é tudo o que se espera de um bom colchão para que não se acorde de manhã todo dolorido e amassado, Mas será o sofá uma boa opção?

Devemos deitar-nos com a cabeça um pouco mais elevada que o resto do corpo, essa é a forma mais usual de se dormir. Dormir na posição horizontal e com uma almofada para amparar a coluna vertebral também é uma óptima opção para quem quer obter um sono de qualidade, pois o nosso peso corporal é dividido todo por igual, desde a cabeça até aos pés. (De acordo com este estudo, publicado a 18 de Fev de 2016)

No entanto, pode cochilar num sofá ou numa poltrona, embora deva dormir sempre todas as noites no mesmo local, uma vez que a poltrona ou sofá servirão unicamente para relaxar e se o fizer ocasionalmente, não é prejudicial para a sua saúde.

O que vamos explicar a seguir são os prós e os contras de dormir num sofá e/ou poltrona.

Há alguns benefícios em dormir no sofá?

Se estiver doente e resfriado, o sofá pode ser a sua melhor opção, porque o estar deitado na cama dificultará a respiração e experimentará uma sensação de desconforto.

Aconchegado num sofá, e como o peito estará um pouco mais alto que as pernas, proporciona deste modo, uma melhoria na respiração, porque favorece o descongestionamento nasal, o que ajuda a relaxar e a dormir melhor quando se encontra nesta situação.

De qualquer forma é preciso estar alerta, uma vez que o seu colchão está preparado para lidar com os resfriados e febre intensa, o que já não acontece com o sofá que pode ficar molhado.

Assim dormir no sofá, por vezes pode ser a melhor opção, se tivermos os cuidados necessários.

Se tiver insónias, o que acontece frequentemente nos dias de hoje, pode ajudar o seu cérebro a reorganizar-se à medida em que adormece e trocar a cama pelo sofá.

No entanto, deve ter em consideração que o corpo e o cérebro habituam-se depressa a esta mudança de hábitos, pelo que depois será difícil mudar novamente para a cama. Se isso acontecer, será aconselhável adquirir um outro colchão, se achar o seu desconfortável, e que o mantenha acordado pela noite fora.

Efeitos ruins de dormir no sofá

Normalmente os sofás foram concebidos para descansarmos a coluna e as pernas, não sendo propriamente um local onde possamos dormir. O sofá foi concebido para relaxar sentado e não deitado. Se por alguma razão sofrer de alguma enfermidade, vai notar alguns efeitos ruins após passar algumas horas a dormir num sofá.

Dores no pescoço e nas costas podem advir de dormir várias horas num sofá. Dormir num sofá não trás as condições necessárias para fazer um apoio efetivo do pescoço nem da coluna vertebral, pelo que sempre que ao acordar sentir uma dor aguda no pescoço ou sentir um nervo sob pressão, saiba que pode ser da posição que tomou por ter adormecido no sofá. ( Pode consultar um estudo sobre o assunto aqui).

Se dormir de vez em quando num sofá e ao acordar tiver rigidez ou dor nos musculos, provavelmente terá uma melhora ao longo do dia, mas se as dormidas forem constantes e permanentes saiba que podem ocorrer danos graves a longo prazo na coluna vertebral, no pescoço e na zona lombar.


Dores nas pernas

Ao dormir persistentemente num sofá, as suas pernas permanecerão comprimidas toda a noite contra o assento, o que prejudica a circulação do sangue nas pernas e leva a dormência e formigamento nos membros inferiores. As pernas devem estar relaxadas e estendidas durante o sono e não fletidas e penduradas.

Perigoso para bébés

Se ao fim de um longo dia se sentar no sofá com o seu filho no sofá saiba que o partilhar de camas e ou sofás não é aconselhável até que o bebé atinja um ano de idade, uma vez que em sofás macios e aconchegantes, o risco por asfixia cresce consideravelmente.

Tirar um cochilo com o seu bebé é por vezes uma tentação no fim de um dia desgastante, não deve fazê-lo, deve sim levá-lo para uma superfície plana como a cama ou o berço, onde a criança possa dormir de costas, assim que começar a ficar sonolenta.

Qualidade de sono Ruim

Se preferir dormir no sofá em vez de na cama, significa muito provavelmente que adormeceu a ver televisão. Dormir a ver televisáo pode aumentar a possibilidade de não aproveitar em pleno um sono REM. Isso provoca o acordar mais vezes durante a noite e/ou ter sonos sobressaltados. É por esta razão que se recomenda a retirada de celulares e televisões, assim como tudo o que disponha de luzes, fora do seu espaço de dormir. Deve dormir-se em plena escuridão.

E se realmente só consegue dormir bem no seu sofá?

Há quem só consiga adormecer no sofá. Dormir e descansar profundamente na cama, torna-se algo desconfortável e penoso. Isto pode significar que o seu colchão é ruim, que o seu quarto não é um espaço acolhedor e tranquilo, ou que por exemplo quem dorme consigo é uma pessoa que ronca toda a noite.

Mas nem tudo está perdido. Pode transformar o seu espaço em algo acolhedor e relaxante, adquirindo cortinados opacos e protegendo bem as janelas das luzes do exterior, ou realizar atividades que auxiliem no sono, ou até mesmo beber chás de camomila ou valeriana, que o ajudarão a tornar o seu espaço mais aprazível e aconchegante, onde se sinta bem.

No entanto, se já tentou de tudo e não resultou, pode sempre dormir no sofá. Há contudo, certas regras a cumprir para minimizar os riscos de acordar todo torcido e com dores por todo o corpo.

Dormir num sofá, o que devo fazer?

Deve considerar o seu sofá como se de um colchão se tratasse. Deve fazer como se faz a cama, cobrindo-o com lençóis de algodão para que possam absorver a umidade. Usar uma almofada sólida onde possa apoiar a cabeça e o pescoço, enquanto dorme.

Arranje uma posição confortável antes de adormecer. Deve estar consciente da posição em que se encontra antes de adormecer. Estique bem o corpo e as pernas até atingir uma posição realmente confortável e tranquila e que as suas costas fiquem planas. Nada de televisão. Desligue a TV e mantenha o celular bem fora do seu alcance.

Faça uma refeição ligeira pelo menos umas 3 horas antes de se deitar e não faça exercicio fisico intenso que pode levar ao aumento do ritmo cardíaco.

Para poder deixar o sofá, vá para a cama todas as noites à mesma hora, Crie uma rotina e mantenha-se firme.

Prepare o espaço onde vai dormir. Acolhedor, suave e tranquilo. Escolha bem o colchão que melhor se adapte às suas reais necessidades. Um colchão mais barato por vezes sai caro na saúde.

Dormir no sofá uma vez por outra, não é preocupante. Mas se o fizer de forma continuada e a longo prazo, irá sentir ao acordar uma pontada nas costas e no pescoço o que pode resultar em dôr crónica para toda a vida.