Home > Problemas de Saúde > Como saber se tenho má circulação? – Causas, Sinais e Sintomas

Como saber se tenho má circulação? – Causas, Sinais e Sintomas

O nosso coração trabalha 24 horas por dia para bombear o sangue por todo o corpo. O sangue passa pelas artérias e veias, percorrendo todo o nosso corpo, retornando depois ao coração para voltar a ser bombeado.

Vamos imaginar o sangue como um veículo circulando na estrada e as artérias e veias são as estradas por onde o veículo circula.

Em condições normais, o nosso veículo (sangue), circula na estrada (veias e artérias), sem quaisquer problemas.

Porém, podem surgir situações que dificultem a passagem do veículo, ou em casos mais graves podem até impossibilitar a sua circulação.

Muito resumindo, pessoas que sofrem de dormência e formigamento nas mãos e pés, dedos dos pés e mãos frios, inchaço nos membros inferiores, varizes e pernas cansadas, geralmente sofrem deste problema.

O uso de pílula anticoncepcional, hábitos tabágicos e excesso de peso são das principais causas que podem levar a uma má circulação sanguínea.

Vamos ver com mais detalhe quais as sintomas e causas e deste problema que pode originar complicações graves!

Principais Sintomas de má circulação

Em alguns casos, ou nos primeiros momentos, os sintomas não são sentidos, aparecendo só mais tarde.

Mas uma vez que a má circulação pode trazer problemas graves, é importante ficar atento a todos os sintomas que sente, para evitar complicações maiores:

#1. Mãos e pés dormentes e com formigamento

Este é dos primeiros sintomas e mais frequente. A dificuldade do sangue a chegar às extremidades causa formigamento nas mãos e pés.

Este formigamento, também pode ser acompanhado de picadas como se fossem agulhas, causando enorme desconforto.

#2. Extremidades do corpo frias

Costuma ter mãos e pés gelados? Isso é uma das causas de má circulação. O coração bombeia sangue por todo o corpo, e esse fluxo sanguíneo aquece.

O fluxo irregular do sangue, leva a flutuações de temperatura na pele, principalmente onde a ausência de sangue é mais acentuada.

A falta de sangue nos dedos dos pés e das mãos, pode significar que o sangue está com dificuldade em chegar lá e por isso não está a esquentar nessas regiões.

#3. Pés, tornozelos e pernas inchadas

Com a má circulação, vai existir um acúmulo de fluídos nas extremidades inferiores do corpo, levando ao inchaço das pernas, tornozelos e pés.

Este inchaço pode também ser um sinal de que pode existir insuficiência cardíaca em que o coração não tem força suficiente para bombear o sangue para todo o corpo.

Algumas pessoas só notam este inchaço quando reparam que algumas roupas ficam apertadas nas pernas, ou porque sentem um calor acentuado ou dor no local.

#4. Digestão difícil

Durante a digestão é necessário que o sangue esteja a passar nas artérias do estômago para auxiliar neste processo.

Os alimentos que se encontram no estômago necessitam ser absorvidos para o sangue, por isso é importante a sua presença nas artérias que circulam o estômago.

Pessoas que tenham problemas digestivos pode ser um sinal de que a circulação na região não está favorável, revelando assim problemas digestivos.

Este tipo de problemas normalmente são expressos através de sintomas como:

#5. Cansaço extremo e cãibras musculares

O sangue leva a todas as células do nosso organismo oxigênio e nutrientes vitais.

É no sangue que as células retiram tudo o que necessitam para produzir energia.

Quando o fluxo sanguíneo é fraco e não chega a todas as células, estas vão-se sentir debilitadas e não vão produzir tanta energia.

Desta forma, o cansaço vai ser mais acentuado e os níveis energéticos vão descer.


Além disso, as células ao não recolherem do sangue o oxigênio e nutrientes que necessitam, acabam por não responder às necessidades do indivíduo, causando cãibras.

#6. Dores nos membros e articulações

A má circulação também causa principalmente dor nas pernas. Apesar de que essa dor também pode surgir nos pés, braços e com menos frequência nas mãos.

Com as extremidades frias, o sangue ao passar, embora dificilmente passe, causa algum desconforto.

#7. Varizes

As varizes são talvez o único sintoma visível. O aparecimento daqueles riscos azuis, mais conhecidos como varizes, são resultados de má circulação nas pernas.

Elas dificultam o retorno do sangue ao coração e podem causar outros incómodos como:

  • Coceira nas pernas;
  • Inchaço;
  • Dores nas pernas;
  • Cansaço nas pernas;
  • Peso nas pernas;
  • Dor na região onde se encontra a variz;
  • Sensação de calor na variz.

Causas da má circulação

Apesar de a má circulação não diferenciar entre homem e mulher, ela é mais frequente nas mulheres, principalmente devido ao uso de pílula anticoncepcional.

Contudo, existem algumas doenças e condições gerais que podem agravar o problema da má circulação.

Diabetes Mellitus

Quem sofre de diabetes tem maior predisposição a desenvolver má circulação.

Os níveis altos de açúcar no sangue danificam os vasos sanguíneos. A longo prazo começam a surgir problemas de circulação sanguínea.

Para quem sofre deste problema é importante que faça uma monitorização adequada da doença para que os níveis nunca estejam fora de controle.

Para além disso, a diabetes também pode lesar os nervos do corpo, levando à neuropatia diabética. Este problema afeta a pressão sanguínea e a frequência cardíaca do indivíduo podendo original insuficiência cardíaca.

Aterosclerose

Esta é talvez a causa mais comum e frequente da má circulação sanguínea. Ela acontece devido à presença de elevados níveis de colesterol no sangue.

O colesterol se deposita nas artérias, causando um acúmulo gerando uma placa dentro do vaso sanguíneo. Essa placa vai crescendo, diminuindo o espaço que o sangue tem para passar.

A aterosclerose é mais frequente nas verias do cérebro, coração e pernas.

Coágulo Sanguíneo

Os coágulos reduzem também o fluxo sanguíneo, sendo frequente a sua formação junto das placas de ateroma (placas que se formam na aterosclerose).

Os coágulos podem se desenvolver em qualquer artéria do corpo. Porém, quando se soltam, vão seguir na corrente sanguínea e podem passar por uma artéria mais pequena (como são as do cérebro, coração e pulmões).

Ao passar numa artéria mais estreita, este coágulo pode entupir por completo a passagem do sangue, podendo levar a:

  • Ataque Cardíaco (quando é no coração)
  • Acidente Vascular Cerebral (AVC) (quando é no cérebro);
  • Embolia pulmonar (quando é nos pulmões).

Excesso de peso

O excesso de peso está relacionado com inúmeras doenças, afetando também a má circulação sanguínea, originando mais tarde, outros problemas.

Fumar

Os fumadores têm um risco acrescido de desenvolver problemas de circulação sanguínea.

Os componentes do tabaco danificam os vasos sanguíneos, promovendo a formação de placas de atermoa e causando problemas na circulação do sangue.

O tabaco aumenta o risco de doenças cardiovasculares, derrames cerebrais e ataques cardíacos.

Conclusão

A má circulação pode ser gravíssima podendo até causar a morte num estado avançado.

Se sentir alguns sintomas que identifique como má circulação, deve procurar um médico com urgência para resolver a situação.

A identificação precoce de problemas de má circulação por parte do médico é fundamental para tratar o mais rápido possível. Este problema tem tratamento!

Antes que comece a ter sintomas de má circulação deve apostar na prevenção.

Manter um peso saudável, o deixar de fumar, e ter uma alimentação saudável, são pontos fundamentais para evitar problemas de má circulação e outras doenças que sejam consequência desse problema.